ESPORTE
BRASILEIRA CONQUISTA BRONZE NO PAN DE ESTRADA DA VENEZUELA

A seleção brasileira de ciclismo de estrada celebrou bastante a performance e o belo trabalho em equipe no segundo dia de provas do Campeonato Pan-Americano da modalidade, que está sendo disputado em Tachira, na Venezuela. No final de semana, Flavia Oliveira faturou a medalha de bronze na prova de resistência da elite feminina. O Brasil ainda viu Caio Godoy despontar como um dos destaques da categoria Sub23, fechando o percurso de 124,8km na quinta colocação.

O céu nublado e a temperatura média de 26 graus propiciaram um clima favorável para uma boa corrida no circuito montado em San Cristóbal. Na elite feminina, a seleção brasileira, formada por Flavia Cardoso, Camila Coelho, Daniela Lionço e as irmãs Clemilda e Janildes Fernandes, executou um excelente trabalho em equipe desde o começo do percurso de 86,4km, sempre com alguma ciclista no pelotão dianteiro e não deixando as adversárias abrirem vantagem. Nos últimos quilômetros, Flávia e Daniela saíram em fuga junto com outras 12 atletas, a disputa foi intensa e a decisão ficou para a linha de chegada. A seleção cubana garantiu os dois primeiros lugares do pódio, com Irailda Garcia em primeiro e Arlenis Sierra em segundo. Flávia cruzou em terceiro a apenas um segundo das cubanas (2h38min27) e Daniela acabou na 10ª colocação (2h38min49)

“A prova foi intensa desde o princípio. Todos os países alinharam focados em conquistar pontos para a classificação olímpica e isso elevou bastante o nível. No final saímos eu e a Daniela na fuga principal e conseguimos fazer um bom trabalho terminando com o bronze para o Brasil. Estou muito feliz em poder colocar o Brasil no pódio”, comemorou Flávia.

Sub-23
Na disputa entre os atletas da nova geração Caio Godoy foi o destaque do Brasil na Sub23. Logo no início da prova, quinze atletas fizeram uma grande fuga e aos poucos o grupo foi sendo fragmentado até que no final da prova sobraram apenas cinco ciclistas escapados, entre eles Caio. O brasileiro conseguiu suportar bem a pressão, mas nos metros finais o chileno José Rodrigues, vencedor da prova de contrarrelógio, arrancou e terminou escapado faturando o título da prova de resistência, com o tempo de 3h8min57. Em seguida cruzaram a linha de chegada o equatoriano Jhonnathan Narvaes e o colombiano John Rodriguez, ambos com 3h9min14, poucos segundos à frente do venezuelano Carlos Molina, quarto (3h9min16), e de Caio, quinto (3h9min29). A seleção ainda teve Vitor Schizzi e Endrigo Pereira finalizando a prova na 16ª e 29ª colocação, respectivamente.

"Foi um dia muito bom pra nós. A equipe feminina trabalhou muito bem, a prova foi bastante disputada e dura, e o pódio foi merecido por toda competência demonstrada no decorrer da prova. Na Sub23 o Caio demonstrou que está em ótima forma e cada vez mais bem preparado para os principais desafios da modalidade”, comentou Emerson Silva, técnico da seleção brasileira na Venezuela.

 

 

CONTEÚDO EXCLUSIVO P/ ASSINANTES
Digite seu login e senha e faça seu download

Login:   Senha:  
 

 

 

 

 

 
1997-2016 Editora Quatro Estações - Todos os Direitos Reservados